Serviços - Contribuição Sindical

Contribuição Sindical

Sobre a  Contribuição Sindical

Atenção aos prazos  para recolhimento da contribuição sindical ao Secovi-SP.

É importante lembrar que o não respeito aos prazos para recolhimento deste tributo, que normalmente ocorre no primeiro mês de cada ano, incide em  multa e juros e, em caso de fiscalização na empresa, a ausência da guia quitada implica multa trabalhista.

Isso tudo resulta do fato de a Contribuição Sindical ser um tributo federal, instituído pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, em seu art. 579. Do total recolhido, 60% cabem ao sindicato, 5% à confederação15% à federação e 20% ao Ministério do Trabalho - CEES - Conta Especial Emprego e Salário, gerenciada pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador - FAT. Daí a razão da fiscalização pelo Ministério e a multa trabalhista.

Assim, todas as categorias representadas pelo SECOVI-SP devem efetuar o recolhimento da contribuição no devido prazo, a fim de evitar transtornos de qualquer ordem. E, vale destacar: agora de forma ainda mais simplificada. A seguir, orientações básicas que facilitam os procedimentos.

  • Código CNAE
  • Empresas que têm mais de uma atividade
  • O que é feito com o dinheiro da contribuição sindical?
  • Sistema de cobrança

 

* art. 579: A contribuição sindical é devida por todos aqueles que participam de uma determinada categoria econômica ou profissional, ou exercem profissão liberal, em favor do sindicato representativo da mesma categoria ou profissão, ou, inexistindo este, na conformidade do disposto no art. 591

Para esclarecimento de dúvidas ou mais informações basta entrar em contato conosco: (11) 5591-1213/1215/1257/1264/1266 ou pelo e-mail: cobranca@secovi.com.br .

Emita aqui sua guia | Faça uma simulação *

 

 

TABELA PARA CÁLCULO DA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL PATRONAL
Vigência: 2017

Linha Classe de Capital Social (R$) Alíquita (%) Valor a adicionar (R$)
01 De 0,01 a 26.879,25 Contrib. Mínima 215,03
02 De 26.879,26  a 53.758,50 0,8% -
03 De 53.758,51  a 537.585,00 0,2% 322,25
04 De 537.585,01 a 53.758.500,00 0,1% 860,14
05 De 53.758.500,01 a 286.712.000,00 0,02% 43.866,94
06 De 286.712.000,01 em diante Contrb. Máxima 101.209,34 
  1. Os representados ou entidades cujo capital social seja igual ou inferior a  R$ 26.879,25 , estão obrigadas ao recolhimento da Contribuição Sindical mínima de  R$ 215,03 , de acordo com o disposto no § 3º do art. 580 da CLT (alterado pela Lei nº 7.047 de 01 de dezembro de 1982);
  2. Os representados ou entidades com capital social superior a  R$ 286.712.000,00 , recolherão a Contribuição Sindical máxima de  R$ 101.209,34 , de acordo com o disposto no § 3º do art. 580 da CLT (alterado pela Lei nº 7.047 de 01 de dezembro de 1982).

 

 

MODO DE CALCULAR

 

Exemplo A Exemplo B

Capital de social de:                  R$ 26.879,25

1. Classe de enquadramento     0.01 a 26.879,25

(linha 01)

Alíquota correspondente:

2. Parcela a adicionar:                               +0,00

3. Contribuição devida:                             215,03

Capital social de:                  R$16.200.300,00

Classe de enquadramento:              537.585,01 a
                                                     53.758.500,00

 (linha 04)

2. Alíquota correspondente:       0,10% ou 0,001

Onde: 16.200.300,00 x 0,001 = 16.200,30

3. Parcela a adicionar:                               860,14

4. Contribuição devida:                     17.060,44

Confira abaixo as tabelas de base de cálculo dos anos anteriores:

Confira aqui a tabela de base de cálculo 2016

Confira aqui a tabela de base de cálculo 2015

Confira aqui a tabela de base de cálculo 2014

Confira aqui a tabela de base de cálculo 2013

Meu Secovi

Secovi informa

Mantenha-se atualizado sobre o mercado imobiliário.

Receba nossa newsletter

Associados

Encontre uma empresa associada:

Ainda não é um associado?

Associe sua empresa


  • Ampliar
  • Biblioteca Secovi
  • Condomínios Secovi
  • GeoSecovi
  • Milenium
  • Posto de Serviços
  • PQE Secovi
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Universidade Secovi